DOR DE DENTE EM CACHORRO: COMO DESCOBRIR E TRATAR O PROBLEMA?

Saiba como descobrir indicações de dores de dentes em cães

Os problemas da boca não são, infelizmente, característicos dos seres humanos Hospital Veterinário. É exactamente por isso que os nossos Animais também estarão em risco de produzir distúrbios, por exemplo, gengivite, tártaro e vários outros.

Na lista das principais repercussões disto pode estar a prevalência da temida dor de dentes nos cães, um sintoma realmente desconfortável que pode prejudicar a vida quotidiana do seu Bom Amigo.

Para compreender melhor a origem dessa agonia, devemos mencionar, de longe, as condições de saúde bucal mais generalizadas entre cães de companhia.

Além disso, descobrir os sinais ou sintomas que irão revelar que o animal de estimação está a sofrer de alguma angústia oral é algo realmente significativo para garantir que os tutores sabem quando devem intervir.

A sério, agora organizámos um posto que visava revelar exactamente quais são os factores, sintomas e, obviamente, as formas de cuidar e prevenir doenças orais nos cães, fazendo com que estes não sentissem desconforto e tivessem a sua qualidade de vida prejudicada. Prazer no seu estudo!

O que irá causar dor de dentes nos caninos?
A dor de dentes nos caninos é definitivamente um incómodo que tem um efeito nas estruturas muito mais interno do que todos aqueles que vemos ao abrir a boca do nosso animal de estimação.

Dentes são construções usadas para partir e mastigar refeições e têm, no seu interior, áreas como polpa, raiz e nervos. Podem ser eles que desencadeiam a sensação de dor do animal.

Hospital Veterinário

Consequentemente, para que o seu dente se torne desagradável, é importante que haja uma publicidade a esses edifícios interiores e, portanto, a segurança do próprio dente se perca. Consequentemente, diremos que a dor nos cães é muito semelhante à nossa que, consequentemente, é idêntica irá causar.

As condições periodontais são a chave para esta dor. Dito isto, os traumas também podem levar a esta dor, porque se pode encontrar a avaria na superfície do dente e, portanto, a defesa.

Também, por vezes, a evolução incorrecta dos dentes pode causar este tipo de dilema.

Como podemos determinar este tipo de problema?
Apesar de sentirem realmente muito desconforto, é bastante comum que cães de estimação que lidam com infecções bacterianas dentárias e também outras dificuldades no local nunca revelem este ponto para os seus tutores.

Tais hábitos são bastante comuns aos animais, que não vão gostar de exibir este tipo de vulnerabilidade.

Mesmo assim, algumas indicações podem possivelmente dar-nos indicações de que o animal de companhia está a lutar contra a dor de dentes. Olhemos para muitos deles por baixo:

vermelhidão dentro das gengivas;
presença de placas ou buracos no esmalte;
diminuição da fome;
emagrecimento;
recusa de se alimentar de alimentos incrivelmente duros;
parece que ele está à procura de algo da boca junto com a pata;
respiração negativa;
inchaço no interior das bochechas;
sangue nas refeições ou nos brinquedos;
mastigando apenas de uma faceta dentro da boca;
saliva mais espessa (ocasionalmente junto com a presença de sangue);
relutância com carícias perto da boca.
Para aqueles que detectam alguns destes sinais, deve definitivamente adquirir o seu animal de estimação junto do veterinário. Ele deve ser capaz de reconhecer se o chumbo para estes comportamentos é de facto um problema dentário ou algo distinto.

Quais são exactamente as perturbações orais que mais frequentemente afectam os cachorros?
Eles podem ser muitos sinais e sintomas, não são? Em breve, vamos comunicar um pouco sobre as principais desordens orais que têm um efeito nos nossos melhores amigos caninos, por isso você tem uma educação superior sobre esse assunto:

Dor de dentes nos caninos

Fractura do dente
A quebra com o esmalte dos caninos pode provocar a exposição geral das construções internas, contribuindo para o aumento da probabilidade de infecções bacterianas e dores de longe.

Gingivite
A gengivite é uma inflamação com as gengivas, provocada em grande parte pela acumulação de placa com a localização da junção entre o esmalte e as gengivas.

O seu sintoma mais importante é a vermelhidão excessiva na área atendimento online e, quando não tratada, pode produzir periodontite.

Periodontite
É a acumulação de placa no chão, no esmalte. Pode ter impacto nos animais desde os mais novos até aos mais velhos. Para cuidar dela, tem de ser terminada uma limpeza oral completa com sedação no animal.

Como contornar as dificuldades durante a localização oral canina?
A ideia principal que damos para nos afastarmos deste tipo de problemas é, certamente, escovar o dente do animal e gastar dinheiro em consultas periódicas com um veterinário, para que este indique como se pode completar esta escovagem e a forma de parar a desordem periodontal por outros meios.

A escovagem do esmalte do animal deve ser concluída no mínimo 3 vezes por semana com a utilização de certas soluções com os caninos.

Mais uma ideia é obter ossos e snacks que tenham como objectivo a limpeza do esmalte.

Embora não sejam tão eficazes desde a escovagem, são uma opção muito boa para quem não vai conseguir fazer a escovagem ou para os caninos que não permitem esse tipo de manicura.